Pages

31 de dezembro de 2014

Goodbye 2014! Welcome 2015! Happy New Year!


Olá, meu amado leitor. O último post do ano não podia ser não desejando a você um Feliz Ano Novo! Eu espero de todo coração que o ano de 2015 seja o ano da sua vida! Que você consiga conquistar tudo o que você sonhou, que batalhe muito, trabalhe duro, mas viva intensamente, ame, respeite ao próximo e seja muito feliz! Eu, Kimberli Costa, agradeço a todos os cliques e comentários que recebi esse ano. Não pensei que continua com o blog há quatro anos, mas aqui estou. Pretendo ano que vem divulgar mais o blog, trabalhar mais no conteúdo e que com as minhas experiencias eu possa estar ajudando muitas pessoas! Que venha 2015 com todos os meus e os seus sonhos, prontos para serem vividos!

Beijo da Kim, e até o ano que vem, hohoho!

26 de dezembro de 2014

Livros de Dezembro


Olá leitores! Como foi o seu Natal? Comeu muito até passar mal? Eu comi. E como comi... O post de hoje é uma listinha minha mostrando os livros que estou lendo em Dezembro. Sim, livros com ‘’s’’. Eu sou bem louca e como não tenho tempo leio vários ao mesmo tempo. Como não se perder nas estórias, você pergunta? (Ou não.) Bem sempre fui muito boa em fazer várias coisas ao mesmo tempo. Começou com ler manga, assistir anime e ler fanfincs. Agora é ler livros, assistir séries e filmes :) É... Sou uma viciada. Agora sem mais delongas sobre a minha crazy life, vamos a lista!

1 – Enfeiticadas - As Cronicas das Irmãs Bruxas I - Jessica Spotswood

Me apaixonei por essa capa. Tem como não amar essa capa? Sempre amei livros sobre bruxaria, então corri e adicionei este livro à lista! Comecei a leitura a poucos dias e estou gostando, não vou contar nada dele porque quero fazer resenha!

Sinopse: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará à idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual sera a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos caçadores de bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido? 


2 – Não se Apega, Não - Isabela Freitas

Eu amei o nome do livro, a capa rosinha e resolvi adicionar a minha lista. É o único livro da lista que já estou terminando. A estória gira em torno das confissões de amor da personagem Isabela; neste livro ela nos conta sobre suas decepções, e nos dá várias lições sobre o amor e a vida! Sua história de vida é igual a de muitas adolescentes, jovens e mulheres. E por ser igual que nos identificamos! Dei e estou dando várias risadas com as trágicas desventuras da Isabela no amor. A leitura é gostosa e fácil, então até se você não é fã de livros vai curtir! 

Sinopse: Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase "você deve encontrar a metade da sua laranja". Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.
Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.

Eu amei várias citações do livro e deixarei algumas aqui para te dar água na boca. Leia!!

‘’A vida de todos nós é uma batalha incansável  contra a solidão. Porque  solidão não é  estar solteiro, é se sentir deslocado, mesmo acompanhado.  Solidão é viver um amor que não existe mais. É se agarrar ao passado que já evaporou. E, para deixar isso tudo para  trás, você precisa  saber mais  sobre desapego.’’

‘’O “perfeito” não existe . Porque a “perfeição ” é uma variável . Ao amar cada pedacinho  do  seu  ser,  você  acaba  se  tornando  perfeita  para  si  e,  consequentemente,  para  o mundo. Esse  é  o  segredo  daquelas  mulheres  imponentes  que  andam  por  aí  com  o  nariz empinado como se nada mais importasse . É que, realmente, não importa. Elas se bastam. E não  porque são l indas,  altas  ou  magras.  Porque  se  amam.  E  o  amor -próprio  explode  como uma  supernova,  iluminando  todos à  sua volta.’’

‘’Quantas vezes a gente fala pra amiga ''credo, eu pegar ele? Jamais!'', aí vai lá e pega? Isso é coisa de mulher, mano.’’

3 – Não Voltaras - Hans Koppel

É o primeiro livro de suspense/terror que peguei e estou super feliz porque sempre quis ler algo do gênero. O início da leitura é um pouquinho ''diferente'', mas você se acostuma. Estou louca para terminar de ler e fazer resenha.

Sinopse: Mike Zetterberg vive numa cidade praiana na Suécia com Ylva, sua esposa, e a filha do casal. Uma noite, Ylva não volta para casa depois do trabalho. Mike acha que ela foi para um happy hour com as amigas depois do expediente, mas quando ela não aparece na manhã seguinte, ele começa a se preocupar. Diante do desespero e tento que manter tudo o mais normal possível para não assustar a filha, Mike precisa lidar com a desconfiança da polícia e nem desconfia que sua esposa está viva e presa num porão do outro lado da rua, a apenas alguns passos da sua casa. Ylva foi sequestrada e agora faz parte de uma trama horripilante de vingança e punição e sua única ligação com o mundo exterior é uma tela de TV que permite ver sua familia. Claro que eles não podem vê-la e muito menos ouvir seus gritos desesperados de socorro.

4 – O Conto da Deusa - Natsuo Kirino

Nem preciso falar que sou louca e completamente apaixonada por tudo que envolva o Japão né? Amei essa capa e já tinha uma noção sobre a lenda das irmãs Izanagi e Izanami, mas estou amando ler a história sobre a perspectiva da Natsuo Kirino. 

Sinopse: Nesta releitura de um conto milenar, a aclamada escritora de romances policiais Natsuo Kirino, ganhadora dos mais importantes prêmios do gênero, deixa de lado suas tramas urbanas para recriar um antigo capítulo da mitologia japonesa: a lenda das irmãs Izanagi e Izanami. Ambientada em uma ilha mística em forma de gota de lágrima, O conto da deusa é uma trágica história de amor e vingança, que reconta o mito da criação do Japão, com a marca inconfundível da autora.

5 – O Substituto - Brenna Yovanoff

O último livro, - é chato, mas vou repetir, AMEI ESSA CAPA! - esse livro me lembrou vários sucessos que sou fã, como O Bebê de Rosemary e A Profecia, então não perdi tempo e o adicionei na lista. É o que mais queria ler, mas ainda não comecei a leitura, quero deixar o melhor para o final, hahaha!

Sinopse: Mackie não é um de nós. Ele vive na pequena cidade de Gentry, mas vem de um mundo de túneis e águas escuras e lamacentas, um mundo de garotas-cadáver governado por uma pequena princesa tatuada. Ele é um Substituto — deixado no berço de um bebê humano há dezesseis anos. Agora, devido a uma alergia fatal a ferro, sangue e solo consagrado, Mackie está morrendo aos poucos no mundo dos homens. Mackie daria qualquer coisa para viver entre nós. Tudo o que ele deseja é tocar baixo e descobrir mais sobre uma garota estranhamente fascinante chamada Tate. Mas quando a irmãzinha de Tate desaparece, Mackie é irreversivelmente arrastado para o submundo de Gentry, conhecido como Caos.


Bem, esses são os cinco livros que pretendo terminar antes das férias acabarem, porque quando a escola começar não terei tempo nem para dizer o meu nome! E você já leu algum desses livros? Me conta o que achou. Sem spoiler! Beijos da Kim! 

23 de dezembro de 2014

Minha Transição Capilar, Primeira Semana e Texturização

Olá!! Olha que legal, sumi por semanas e volto agora dias antes do natal. Bad Kim. Eu escrevi esse post no dia 05/12, mas devido a minha internet que é uma porcaria só pude postar hoje mesmo. Então você pode ler o post ou pular para a atualização! E nos vemos lá embaixo.



Olá cacheadas, lisas e onduladas! Nesse post vou contar como foi a minha semana totalmente cacheada. Não teve um dia em que eu não usasse o cabelo cacheado! Tem sido uma nova experiência pra mim. Confesso achei que não aguentar, hahaha. Mas foi tranquilo!

Como faço meus cachinhos?

Essa semana tenho procurado na internet várias técnicas de texturização, que nada mais é do que dar forma ao cabelo. Dar textura a esse fio que está estirado, esticado. Porque dessa forma o comprimento fica mais parecido com a raiz crespa. Aprendi três técnicas: a trança, o coquinho e o twist. Desses três o mais satisfatório pra mim foi o coquinho, mas também gosto da trança por ser mais confortável para dormir. Já o coquinho da volume e deixa os cachos bem mais definidos. Eu intercalo entre esses dois. Já o twist (que nada mais é do que uma trança, só que em vez de usar três mechas, você só usa duas), é fácil de fazer, mas não deu tanta forma no meu cabelo, ficou mais ondulado do que cacheado.


Como estou lidando com o volume?

Até que com a questão volume estou lidando muito bem. Eu gosto que fique bem cacheado e bem volumoso, porque o meu tipo de cacho provavelmente será bem volumoso, então já estou me acostumando a isso. Não é tão surpreendente. Até porque a texturização deixa uns cachos tão bem formados que nem ligo pro volume.





Estou recebendo muitos elogios por onde passo. Meus amigos, minha família e lógico que com um cabelão desse e ainda por cima laranja chama bastante atenção na rua.  Foi a mesma coisa quando usava o cabelo colorido e quando fiquei loira. Mas as opiniões estão sendo bastante positivas. Lógico que tem pessoas que não gostam, mas até agora ninguém me parou com a bendita frase: ‘’seu cabelo ficaria melhor liso.’’ E se chegar vou levar de boa, afinal opinião é pessoal de cada um.




A moral deste post é...

Hahaha a moral é que essa semana foi bem mais fácil de lidar do que pensei. Todo dia aprendi alguma coisa, como quando acordava com um bad hair, fazia um penteado. Aprendi a lidar com a textura e a usar da maneira correta os cremes de pentear. E o mais importante que aprendi essa semana foi a desencanar! Meu cabelo não vai ficar perfeito, e até ele crescer vou ter que lidar com isso. E estou amando essa liberdade capilar! Então minha dica para quem está em transição é: desencana! Curta seus cachos da texturização, aprenda a lidar com seu cabelo, crespo, cacheado ou ondulado e viva! Porque afinal, o seu mundo não pode parar por causa do seu cabelo, não é?




Beijos da Kim e boa sorte para quem também está em transição. 
Não desista!


Atualização 14/12
No dia 09/12 resolvi fazer um semi Big Chop, que nada mais foi do que dar um corte no cabelo e manter o comprimento. Cortei bem curtinho atrás e deixei longo na frente.



Mas mesmo assim as minhas tesouras coçaram e resolvi cortar tudo! Sim eu cortei! Prometi que só cortaria em maio, mas eu mudo muito fácil de opinião. Já estava querendo cortar esse cabelo há muito tempo, então juntei o útil ao agradável! Percebi que por mais que eu tratasse os meus fios não adiantaria nada porque eles estavam muito maltratados. Meu cabelo estava fino, poroso e seco de mais! E também estava doida para ver os cachinhos, o que  ainda não é possível porque como da pra ver só tenho um dedo de raiz cacheada.



Sobre o corte...
A inspiração para o corte  foi o bowlcut, que é um corte super popular na França e Inglaterra. É um corte bem curtinho com uma franja reta. Ou seja aquele famoso corte tijelinha.Você pode estilizar o corte ao seu gosto e optei por deixar a franja mais curta.

Continuo com a opinião de que se você está em transição e é muito apegada ao seu cabelo não corte! É uma mudança muito grande. Eu sou doida e amo cabelo curto, então nem ligo muito, mas se você é daquelas que amam seu cabelo, não se deixe influenciar por grupos do Facebook ou opinião alheia. Anyway, eu precisava postar minhas aventuras capilares aqui no blog porque quero toda essa minha aventura documentada!

Desde de já quero desejar aos leitores do blog um Feliz Natal e Um Ano Novo cheio de comida, bebida, mas principalmente  desejo que sua família esteja unida e com saúde! Até o próximo post, beijo da Kim!

6 de dezembro de 2014

Mermaid Makeup


Olá pessoas! Sim, me transformei em uma sereia! Desde pequena eu sempre fui apaixonada por sereias. Via todos os filmes sobre na sessão da tarde e SBT da vida. Esse make foi inspirado na Promise Phan, em um tutorial muito lindo em que ela também se transforma em sereia. Essa make é bem, bem simples.

1 - Aplique base ou primer em toda a pálpebra. Toda mesmo, até chegar a linha da sobrancelha.
2 - Aplique a sombra roxa em toda pálpebra, com exceção do canto externo.
3 - Com um pincel fino aplique um tom mais escuro de roxo no concavo e esfume.
4 - No lugar do iluminador aplique uma sobra azul ou verde água.
5 - Aplique o lápis branco na linha d'água.
6 - E com um pincel fino ou chanfrado aplique a sombra no canto inferior e interno dos olhos.
7 - Eu não tirei foto, maaas aplique máscara de cílios. Cílios postiços é opcional.
8 - Para fazer as escamas você pode utilizar glitter, purpurina ou desenhar. O que eu fiz foi o mesmo truque da Promise. Passe a sombra roxa, esfumando, na região da testa, pescoço e torço. Em seguida molhe um pincel fofinho na água e passe na sombra verde água em seguia faça pontinhos nessas áreas.
9 - Nos lábios Gloss Tangerina da Avon

Resultado








Esse make não ficou bem como imaginei, talvez eu devesse ter usado uma peruca para completar... Enfim, o que você achou? Comente e não deixe de mandar a sua versão sereia pra mim! Vou adorar ver.

Até a próxima e beijos da Kim!

5 de dezembro de 2014

TAG: Meu gosto musical.


Olá, aliens da minha vida! Eu sei que não atualizo esse blog com frequência, mas é porque não tem nada de interessante acontecendo da minha vida! Então vamos a mais uma tag. Por que... Né! Tags são divertidas! Essa tag me pareceu bem legal, porque envolve música! Quem consegue viver sem ela? Independente do estilo musical, música é vida!  Então vamos as perguntas.

♥ 01: Qual seu estilo musical preferido?
Eu escuto de tudo o que me chama atenção. Tipo curto rock porque amo tal banda de rock, curto folk porque ouço tal banda de folk. Mas no geral escuto tudo o que gosto, rock, pop, folk, alternativo, Indie, Metal e por ai vai. Eu não tenho um estilo preferido, o meu é bem eclético.

♥ 02: Qual o seu cantor ou banda preferido?
Eu tenho vários cantores e bandas favoritos, e é complicado escolher um só. Mas se eu fosse escolher uma cantora que tem tudo a ver comigo eu escolheria a cantora Pink. Eu amo a Pink.

♥ 03: Qual estilo musical que você menos gosta?
Funk, axê e forró. Eu não consigo gostar de nenhum desses estilos. Não entendo o porque, simplesmente não gosto. Não é preconceito eu só não consigo achar graça nas letras, nem dançar o ritmo. Eu só dançaria um desses estilos com a cara bem cheia. Tipo muito bêbada mesmo.


♥ 04: Cite uma música que te faz chorar.
Because of You da Kelly Clarkson. Não consigo escutar essa música e não chorar. Me lembro do meu pai. Eu tive um infância difícil com as brigas dos meus pais e essa música me faz lembrar de tudo isso. Mas ao mesmo tempo que me faz lembrar, a frase: '' I will not make the same mistakes that you did'' me faz tão bem, que eu tenho que escutá-la. É uma frase forte :)


♥ 05: Cite uma música que marcou algum momento da sua vida.
Perfect do Simple Plan. É impossível você ser um adolescente da década de 90 e não ter usado essa música como lema. Perfect marcou minha vida porque eu escutava ela em todas as mudanças, brigas, enfim em quase todas as fases da minha adolescência. Ela fez parte da transição de adolescente à jovem de muita gente. E fez parte da minha pré-adolescência e ela expressa tudo o que um adolescente sente.

♥ 06: Qual música você está ouvindo muito ultimamente?
Rude da banda Magic. Essa música é tão fofa. Amei a letra, os acordes, o clipe e a voz do vocalista! A banda tem tudo pra ser a sua queridinha, então vale a pena conferir o clipe.



♥ 07: Cite 03 artistas que você gostaria de assistir um show.
Miley Cyrus. Eu AMO a Miley e fiquei tão down por não poder ir a Bangerz Tour :(  Quem conferiu no youtube sabe que essa turnê está sendo um sucesso e tem de tudo um pouco, super Miley.
Lana Del Rey. Amo a Lana e sei cantar todas as músicas, só falta ela vir pro Brasil ano que vem e eu estar com grana e carona, ao mesmo tempo.
Coldplay. Eu já assisti a vários shows do Coldplay e digo que eles são uma das melhores bandas ao vivo. Amaria poder assisti-loas ao vivo.

♥ 08: Qual música  lembra a sua infância?
Qualquer música das Chiquititas. Minha infância foi musicalmente resumida a: Chiquititas, Floribella e RBD. Então qualquer uma música desses grupos lembra a minha infância.



♥ 09: Qual música melhora o seu humor?
Holy Ground da Taylor Swift. Eu posso estar o mais down possível é só colocar essa música e eu vou cantar e dançar, porque ela é fofa e super pra cima e eu amo a Taylor.

♥ 10: Qual o seu filme preferido em questão de trilha sonora?
Shrek. Sim! O filme com a melhor trilha sonora que eu assisti, aliás, os melhores filmes. Porque até o 3 eles acertaram muito nas músicas do filmes. Só para você ter uma ideia, no filme 1 tem: Smash Mouth, John Cale, Tom Jobim, Joan Jett, Baha Men e Jason Wade!


♥ 11: Que tipo de música você gosta de ouvir quando está triste?
Todas as músicas tristes de todas as bandas que eu gosto, hahaha. Tipo, Taylor Swift: All Too Well - Aerosmith: I don't Wanna Miss a Thing - Coldplay, Fix You e por ai vai.


♥ 12: Em qual momento você mais ouve música?
Quando estou fazendo alguma coisa. Exemplo: indo pra escola, lavando louça, pintando o cabelo, tirando fotos. Qualquer atividade que seja monótona eu taco música e tudo fica beautiful.

♥ 13: Qual música você gosta de cantar em voz alta?
Uma que eu me lembrei agora é  I'm A Bitch da Meredith Brooks. Eu posso estar em qualquer lugar, se tocar essa música eu vou cantar. Lógico que em voz alta, só em casa né!

Acabou! Lembrando que essa tag eu vi lá no blog Mimimi e Fofurices, vale a pena dar uma conferida lá. A dona do blog é uma ruiva linda, a Dani Nogueira e ela é super criativa, visitem! E se você quiser responder a essa tag e mandar pra mim vou ficar super feliz em ler. Espalhem a palavra e...



Beijos da Kim!

28 de novembro de 2014

Cabelo Natural, Adeus Chapinha :)


Olá pessoas ♥  Tenho tomado algumas decisões na minha vida realmente importantes e uma delas, como toda mulher, envolve meu cabelo! Mulher é daquele jeito, quando queremos mudar algo em nossas vidas, começamos com a atitude e mudamos de primeira o cabelo!

Resolvi deixar meus fios ao natural a partir de agora. Pergunta: Por que Kim? Esses dias tem feito muito calor, e resolvi não fazer escova. Olhando meus fios no espelho percebi que eles estão quebradiços e secos. Não estou usando coloração, então as únicas respostas seriam o relaxamento e a chapinha. Meu cabelo está super crespo na raiz porque tenho que retocar, e super escorrido na pontas. Mas não estou a fim de escovar mais. Simplesmente acordei um dia desses com nenhuma vontade de alisar minha raiz ou fazer escova/chapinha.


Somando isso ao fato do meu cabelo estar muito ressecado resolvi dar um tempo de todo e qualquer procedimento com química/calor no meu cabelo. Isso quer dizer que vou voltar aos cachos? Eu não sei. Sou uma pessoa que muda muito de opinião e no momento estou numa fase super desapegada.

Quarta fui para escola usando o cabelo cacheado para testar opiniões e não tive nenhuma negativa, e mesmo que tivesse não deixaria de usar o cabelo de um jeito que gosto por causa da opinião aleia. Pergunta: Kim vai fazer o BC ou Big Chop? O BC ou grande corte, nada mais é do que você cortar toda a parte alisada quimicamente do seu cabelo. Esse corte geralmente é feito por meninas que estão em transição capilar, e querem os cachos de volta. E não, eu não vou cortar meu cabelo, até porque minha raiz ainda não nem dois dedos, então não adiantaria muita coisa.


Tenho muitas dúvidas. Segundo minha mãe o meu cacho é um tipo 4A. E porque não ir para os cachos? O cabelo cacheado cresce pra cima minha gente. Não tem jeito, e para quem esta acostumada a domar o volume ver todo aquele cabelo indo para as alturas é meio que um choque.


Eu resolvi desabafar aqui no blog porque não vai ser uma coisa fácil. Primeiro porque não é de hoje que uso o cabelo liso. Exemplo? Nem lembro de como é o meu cabelo natural!! Então vai ser difícil lidar com as duas texturas. Resolvi abolir a chapinha e o secador porque eles estão fazendo mal ao meu cabelo. Não vou mentir e dizer que estou com vontade de voltar aos cachinhos, mas não quero me precipitar. Deixa a raiz crescer uns quatro dedos e dependendo do que vier de novo a gente vê o que vai fazer.

Para arrumar e domar meus fios estou usando o cabelo amassado e usando alguns truques como: tranças, coques, coquinhos e bobs para enrolar.  Por que enrolar se eu não quero cachos? Para ficar mais harmonioso com a raiz alta e crespa.

Promessa de ano novo, antes do ano novo, irei usar o cabelo natural até o meu niver em maio, e dependendo do que rolar até lá eu posso voltar ao cachos. No momento estou aprendendo a gostar do meu eu natural, então quem sabe?

Enfim, como disse o post de hoje foi um desabafo. Quem também está passando por algo parecido comenta ai. Desabafe também!
Beijos da Kim


26 de novembro de 2014

Cinderela o mais novo filme da Disney


Quem disse que os filmes de contos de fadas não ia bombar, morreu calado! Agora o conto da vez é Cinderella! O filme chega aos cinemas dia 02 de Abril. Confesso que todos os contos fadas, Cinderella não é um dos meus favoritos, mas fiquei In Love com o trailer e sim, vou assistir! Tirando o Richard Madden (Game Of Thrones) e a lindíssima e talentosa Helena Bonham Carter o elenco é todo desconhecido para mim, mas parece que Lily James (Cinderela) deu conta do recado. Ela é linda e ficou mais linda ainda nesse vestido azul, que vou contar: é uma das melhores coisas do filme! Sinopse nem precisa né gente? Então assiste o trailer lindo de morrer.


Estou louca pra assistir e postar aqui achei. Abaixo vocês verão mais fotos divulgadas do filme! Quem vai assistir Cinderela levanta seu sapatinho de cristal ;)













Fonte das Imagens: Site Pop Sugar
 renata massa