Pages

30 de abril de 2014

Look: Pin Up

Hey people! Esses dias me veio a ideia de fazer umas fotos estilo Pin Up. Um estilo que eu adoro, mas nunca usei, por falta de oportunidade. E não é que é super fácil? O make das pin up só exigem uma pele impecável, mas o delineador e a boca vermelha são super simples né? Não fiz tutorial por isso e porque o foco da câmera não está lá essas coisas... Enfim, aqui estão as fotos.







Eu não sei se tiro foto sorrindo ou de cara séria, isso é sempre um dilema pra mim. E na hora de tirar foto em festas, então? Sempre congelo e fico com cara de tacho. Hahaha. E vocês? Também sofrem disso? Comentem ai e até o próximo post.

24 de abril de 2014

Mangá: CRAYON DAYS

Olá, pichulos e pichulas. Esse blog anda largado às moscas, eu sei, mas é aquilo né? Falta de tempo, criatividade e essas coisas. Enfim, sem mais delongas, vamos ao post! Eu não tenho lido muitos mangás ultimamente, com exceção de Naruto. Mas há alguns meses encontrei um mangá fofinho lá no CDM, e fiquei encantada. Como sempre vou colocar a sinopse e depois comentar.


''Shima é uma garota que ama desenhar, por isso ela abandonou sua cidade natal e foi morar sozinha em Tóquio para estudar na famosa escola de Artes Aoba. Mas nem tudo é tão fácil. Lá ela encontra…''
Autora: Chiba Kozue
Volumes: 4 (Completo)
Ano: 2011
Gênero: Comédia, Escolar, Romance


O que eu achei?
Como vimos é um Shoujo (Romance)! Crayon Days conta a história de Ichinose Shima. Uma jovem do interior que sempre se sentiu comum, sem nada de especial, medíocre, mas tem um sonho: ser pintora. Ela então resolve mudar isso se mudando para Tokio e indo estudar em uma famosa escola/acadêmia de artes. Ao chegar lá ela conhece Saji Akatsuiki. O gênio da escola, marrento, mal humorado, mas com um rosto lindo. No início Shima fica encantada com a sua forma de pintar, mas depois que descobre o jeito ogro dele os dois começam a brigar. Eles se atracam no começo, mas acabam se apaixonando (Se não, não seria romance né?).

O jeito inocente e o modo livre como Shima pinta, chama a atenção de Saji e ele não resiste aos encantos da atrapalhada garota. Ela o tira de sua zona de conforto e o faz explorar mais ainda seu talento. Ele também percebe que ela é um gênio, mesmo sem querer. Saji vê em Shima um diamante não lapidado e quando ele pinta com ela, finalmente consegue se expressar e isso o faz querer pintar com ela para sempre.

Esse mangá é um típico Shoujo, tem todos os clichês que um shoujo normal tem, mas ele tem uma coisa que o difere dos outros: não tem enrolação! O que me deixava meio fula da vida com os romances deste estilo é que as autoras acabavam fazendo drama de mais em situações pequenas, e esse drama demorava umas cem páginas para ser resolvido. O diferencial de Crayon Days é esse. São 4 volumes, muito bem distribuídos para desenvolver as crises do relacionamento dos personagens, todas as pontas soltas foram cortadas e o final é muito fofo.

Ponto para o personagem Saji Akatsuki que é um dos melhores personagens masculinos que já vi. Ele tem atitude, não fica de enrolação, considera os sentimentos da Shima e é rápido no gatilho na hora de garantir o que é dele. Amei a atitude garoto! Tem muito o que ensinar a esses homens de hoje...



Ponto também para a personagem Shima, que graças aos seus impulsos ela não fica em cima do muro e desafia o Saji, reclama quando ele vacila e ainda tacou uns beijos muito bem dados nele. Sua personalidade só não é mais atrevida, acredito eu, por ela ter sido criada no interior, mas mesmo assim simpatizei muito com ela.


Com esse mangá você não irá chorar e chorar com drama, eu mesma só fiquei com os olhos lacrimejantes no final, mas dará boas risadas e vai se apaixonar por esse casal fofo e tudo de bom! Os antagonistas também são maravilhosos, como o rival do Saji e as melhores amigas da Shima. Mas se eu for comentar tudo isso teremos mais um post enorme. Eu dou nota 9 para esse romance. Isso é um milagre! Não dou 9 pra qualquer mangá não hein? Haha, mas esse mereceu. Amei a maneira como o mangá foi fechado, nos deixou querendo mais, mas de uma forma boa. Com certeza vou procurar mais obras de Chiba Kozue.


Então é isso galere, você pode ler este mangá online no Central de Mangás, mas infelizmente só tem até o capitulo 16, ou você pode baixar todos os volumes no Blog Dimichan ! É só clicar e ler, depois comenta o que achou aqui no blog e se já leu comenta também, beijoss! Boa leitura e fiquem com essa imagem do mangá original em japonês <3


6 de abril de 2014

Singer Foxes: Makeup inspiration! (Make Inspirado na cantora Foxes)

Olá Aliens! Alguém aqui já ouviu a cantora Foxes? Louisa Rose Allen ainda é nova no cenário da música, mas a cancão "Clarity" (Zedd featuring Foxes) me chamou atenção. Mas a música não é a única coisa que chama atenção na moça, sua Make up com um traço grosso de delineador gatinho, cílios postiços e boca nude quase me fez ter um surto de tão simples e perfeita. Esse make também me fez lembrar da Twiggy, anos 60 tudo que eu a-do-ro!

Eu amei tanto a make que resolvi copiar a postar as fotos aqui no blog. Não tem foto do passo a passo completo, mas farei um resumo do que usei e como usei.

Passo 1:
Preparei a pele com base, corretivo e pó.
Passo 2: O ponto auge do make é o delineador. Comecei com um traço normal de gatinho só que bem rente ao cílio inferior. Depois comecei o traço pelo canto interno do olho e fechei, assim fica mais fácil pra você preencher e ver a altura do traço.
Passo 3:
Passei lápis de olhos branco na linha D'água.
Passo 4: Coloquei cílios postiços superiores e alguns inferiores. (Em um site em inglês li que ela aplica somente rímel nos cílios inferiores, mas resolvi usar os postiços para dar um efeito)
Passo 5: Blush na cor pêssego.
Passo 6: Batom cor de boca.

Viram como é simples? O único detalhe master fica nos olhos, mas pra quem tem habilidade com o delineador fica facílimo. Agora as fotos do resultado. AH! Sim. Como a maioria das fotos a Foxes faz carão nem precisei criar muitas poses, haha.









Gostaram? Lembrando que é INSPIRADO gentêee, não é pra ficar igual. Bem, me despeço com a música que fez-me apaixonar por ela, espero que tenham curtido! Até logo, vou assistir a estreia de Game Of Thrones! Beijos!!


4 de abril de 2014

Resenha: Free!


Olá queridos leitores fantasmas deste blog. Eu voltei! O post de hoje é sobre um anime que todo mundo estava comentando e me deu vontade assistir. Ele já vem rolando há bastante tempo na net, mas como terá uma segunda temporada, resolvi comentar sobre ele. Vamos uma rápida sinopse e os meus comentários abaixo.

Free!, também conhecido como Free! - Iwatobi Swim Club é uma série de anime dirigida por Hiroko Utsumi e produzida pela Kyoto Animation e Animation Do. A série é baseada na light novel escrita por Kōji Ōji, High Speed! (ハイ☆スピード!, Hai Supīdo!?, lit. Alta Velocidade!), que recebeu menção honrosa na segunda premiação da Kyoto Animation em 2011 e depois foi publicado em Julho de 201Free! gira em torno de Haruka Nanase, um rapaz que sempre gostou de estar na água e nadar. Antes de se formar na escola primária, ele participou junto com seus colegas do clube de natação (Makoto Tachibana, Hazuki Nagisa e Rin Matsuoka) de um torneio. Após vencerem, cada um seguiu seu caminho individualmente.

O tempo passa, e no meio de suas vidas pacatas no ensino médio, Rin surge e desafia Haruka para uma competição, mostrando a ele todo seu poder. Ele aceita o desafio do ex-companheiro e começa pensar numa estratégia para vencê-lo. Haruka então se reúne com Makoto, Hazuki e o novato Rei Ryugazaki, e formam o clube de natação do colégio Iwatobi. Haruka, Makoto Nagisa, Rei e Rin farão parte de uma história sobre natação, juventude e amizade.

A sinopse do Anime Q já explicou tudo! Esse anime gira praticamente em torno do esporte e a interação dos personagens principais. E ponto positivo para o esporte: natação! Ao contrário de Chihaya Furu você não fica perdido com regras de jogo e se foca diretamente na trama. Vamos aos personagens:


Começando pelo protagonista Haruka Nanase. Haru, como seus amigos o chamam, é diferente da maioria dos protagonistas. Ele não é alegre e cheio de frases positivas, sabe? Na verdade é sem expressão, quieto e essa fixação por só usar roupa de banho e ter costume de entrar em qualquer lugar que tenha água o faz estranho. Mas o amor de Haru pela água e pelo nado Free, faz com que todos os outros também se dediquem. Haruka está prestes a se tornar um adulto, alcançar a maioridade, mas antes de se tornar só mais um na multidão, é desafiado por Rin e sua paixão retorna e ele resolve voltar a nadar. Haruka só quer nadar livremente e consequentemente também ser uma pessoa livre, mas ele ainda não sabe como e é isso que vai descobrindo ao desenvolver da serie.

Makoto Tachibana! Mako-chan (adoro o som do nome dele com o -chan no final!) é o amigo que todo mundo quer ter. Ele é calmo, gentil, atencioso sempre pronto a ajudar, percebe suas emoções e está sempre do seu lado. Ele é o melhor amigo do Haruka e é o capitão do time de natação. Apesar de aparentar ter uma personalidade concentrada, Makoto também tem seus demônios, após um acidente ele desenvolveu talassofobia (medo do mar) e isso causou certos problemas que não contarei se não vou dar spoiler!! Makoto é um fofo e um dos meus favoritos por essa personalidade tão bondosa.


Nagisa Hazuki. Nagisa é um fofo e é o responsável por querer restaurar o clube de Natação da escola dos meninos e de reunir a todos. Ele é alegre, boburlante e hiperativo, mas é um doce, sincero, sempre disposto a ajudar -  mesmo que isso faça ele ter uns planos malucos, haha!


Rei Ryugazaki é um maluco por controle e CDF. Ele vive a vida por formas de cálculos e o que considera belo. Foi tenso fazê-lo aceitar entrar para o clube de natação - que necessita quatro membros - porque não considera o esporte belo. Pra mim o Rei é o personagem mais chatinho, por essas maninas, mas conforme a trama se desenvolve ele mostra o seu valor.

Rin Matsuoka. Rin é o meu preferido porque eu amo personagens mal encarados e com passados obscuros. O que chama atenção pra esse personagem é que no começo do trama sua personalidade é diferente. Quando criança é extrovertido e nada pelo time, mas quando retorna está frio, indiferente, não reconhece os antigos companheiros e está obcecado com seu objetivo de ser um nadador olímpico. Essa mudança nos faz querer saber o porquê de tudo. Com a estória do Rin a gente aprende que só podemos seguir os nossos próprios sonhos. E ele é muito lindo :)

Gou Matsuoka. A fofa da Gou é única menina da trama, e não pega ninguém, haha. Ela assume o clube de natação como treinadora porque quer ver seu irmão mais velho (Rin) nadar com seus amigos novamente. A Gou é muito determinada, organizada e ela sempre diz o que pensa. Graças a ela que o clube se mantém são e salvo. As cenas dela admirando o corpo dos meninos são as melhores!

Free é um anime fácil de entender, sem muito drama, momentos engraçados, personagens carismáticos e só 12 episódios, então é uma ótima forma de passar o final de semana. Achei as mensagens positivas que são passadas no anime super legais, são coisas simples como: você não pode viver os sonhos de outras pessoas, só os seus. Ou como é bom fazer algo em time e pelo time, por seus amigos. A abertura e o encerramento, principalmente o encerramento são muito legais. Todos os personagens tem nomes femininos e a Gou tem nome masculino, haha. E claro, ver os nadadores pelados é um baita de um bônus.










Já tendo sido anunciada uma segunda temporada, então:

 renata massa